Sevaks Organizadores

“Falar  de seva no Moinho é falar de Amor. Somos banhados diretamente pelo coração de Bhaskar e Niranjana, não há  como transcrever em palavras, só experimentando. Se vida é relacionamento, no dia-a-dia do seva nos conectamos com  isso a todo momento. No olhar amoroso de Bhaskar, somos convidados a ir mais fundo, de ver o buda no outro, de experimentar a convivência no aqui e no agora, de não se manter na margem, de se jogar na experiência. Assim tem sido, um mergulho nesse oceano

de amor.

Gratidão infinita.”   

(Rashmi)

ANAND RASHMI

"Servir a si mesmo a todo momento no outro, em tudo."

 

  (Guilherme Tanaka)

GUILHERME TANAKA

“Fazer Seva no Moinho é um presente e

um convite do divino.

Todas as vezes em que estive em uma OM Meditation com Bhaskarji as lágrimas fluíam em abundância e uma vontade de estar mais perto me tomava.

Todas as vezes que recebia um sorriso e um abraço de Niranjana era como se a Grande Mãe me abraçasse.

Eis que fui me achegando desse casal tão amoroso e seu espaço sagrado construído no coração da Chapada dos Veadeiros.

É como conviver com Shiva e Shakti e beber desse néctar de união e amor. É como servir à AmmaBhagavan, Osho e Buda em um mesmo espaço sagrado. É uma grande oportunidade de integração e florescimento.” 

 

(Kamadevi)

KAMADEVI

"Estar conectada o tempo todo ao Dhyan, é estar conectada a verdade.

 

(Fefa)

FEFA

"Fazer seva é uma gloria ,

de poder estar a serviço do amor, 

da transformação,

da expansão da consciência, plantando sementes para um mundo melhor!

Agora, fazer seva

no Dhyan com pessoas tão maravilhosas, num lugar tão abençoado, de uma natureza tão abundante, é realmente uma experiência de pura alegria e conexão  de AMOR profundo!

A vontade é de mudar para lá e estar a serviço seeeemmmmpre!!!

Minha imensa gratidão! LOVE LOVE LOVE "

 

(Shanti Nilaya )

NILAYA

DIREITOS AUTORAIS: nos termos da lei que resguarda os direitos autorais, é proibida a reprodução total ou parcial de fotografias sem a permissão, por escrito, do autor.