De novo, OSHO deportado... agora pela Netflix!

Osho foi deportado mais uma vez! O documentário Wild Wild Country (Netflix) tirou de cena o centro de todo o ciclone: a palavras de fogo de Osho contra políticos e padres.

Osho massacrou a política reinante no mundo e em específico o ultra conservadorismo de Ronald Reagan (presidente à época). Osho destruiu pedra por pedra as fundações teológicas e as praticas do cristianismo (“cruztianismo”, dizia).

São as palavras de fogo e a Presença de luz e liberdade de Osho que o estado norte-americano não suportou. Tanto, que é a Osho que perseguem, deportam e matam. O centro do ciclone nunca foi uma luta sobre ocupação da terra ou questões similares. Muito menos a boca suja de Sheela. Muito antes disso, o centro do ciclone era (é) Osho e sua visão da espiritualidade e do novo ser humano. E junto com ele, uma comunidade bem sucedida de trabalho, amor e meditação. A maior comunidade espiritual desde Buda - um sonho de paz e crescimento.

Ao optar por contar a história centrada na pancadaria política (feia mesmo!), mas sem um mínimo de contexto sobre a origem e razão de tudo (Osho, palavras + presença + comunidade ), o documentário deporta Osho uma vez mais.

Falta muita coisa no documentário da Netflix, passagens relevantes nesta história muito louca: Osho perseguido mundialmente às ordens dos EUA; o dia em que Osho volta a falar que foi uma pancada na hipocrisia deste processo judicial... falta muita muita coisa.... mas, sobretudo, falta Osho.

A América um dia , talvez, acorde para a oportunidade que perdeu. Nunca vai pedir desculpas a Osho, a mim, aos seus... mas deveria!

Os autores da serie precisam se desculpar com o gênero documentário: perderam contextualização, mataram/ocultaram a verdade central dos fatos - Osho.

*Fácil entender a verdade:

(A) minhas entrevistas com Osho neste site (ver IMPRENSA):

(B) Outros vídeos com Osho sobre padres e políticos.

https://osho.us5.list-manage.com/track/click…


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Nenhum tag.
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

DIREITOS AUTORAIS: nos termos da lei que resguarda os direitos autorais, é proibida a reprodução total ou parcial de fotografias sem a permissão, por escrito, do autor.